12 Coisas Que Aprendi Convivendo Com Grandes Empreendedores

Os últimos anos me proporcionaram muitos momentos de proximidade a empreendedores que já estão nessa estrada há mais tempo que eu. Observei os hábitos, comportamento e conversas dessas pessoas e aprendi muito.

Com o querido Victor Damásio, nos bastidores do evento Reorganize ao Vivo 2018

O universo empreendedor é muito particular, principalmente se você empreender somente no digital. Alguns hábitos podem transformar sua jornada e neste post vou compartilhar com você 12 deles.

  1. Design nem sempre é tudo, qualidade sim, é tudo!
Essa foi uma baita surpresa pra mim. Hoje na internet a facilidade de se produzir materiais com design impecável é grande, e sempre reparei em designs bonitos. Imaginei que grandes empreendedores prezavam muito por isso, tinham equipes de criação por trás dos seus conteúdos, e me surpreendi ao reparar que nem sempre é assim. Se você navegar um pouco pela internet vai entender o que estou dizendo. Esses dias baixei um e-book do Conrado Adolpho, que nada mais era do que um arquivo de word salvo em pdf. O conteúdo? Impecável. Assisti a diversas palestras com conteúdos incríveis, onde o layout do powerpoint era o mais básico possível. Assisti a palestras com conteúdos fenomenais onde o palestrante nem powerpoint tinha. Então se o que está te prendendo for o fato de não saber fazer um design bacana ou não ter grana para contratar alguém, opte pelo simples e trabalhe na qualidade do seu conteúdo.
  1. Eles estão a frente do próprio marketing
Embora muitos tenham agências ou equipe de marketing, eles comandam e acompanham essa parte de perto. Fazem cursos, participam de grupos, e estão envolvidos ativamente na criação do seu conteúdo.
  1. Fazem uma coisa por vez
Item super importante! Faz tempo que minha mãe, cliente, e empreendedora de sucesso, Cristiane Belfiore, me fala que a multi-tarefa acaba com a nossa produtividade. E é verdade. Esses empreendedores, inclusive ela, não fazem várias coisas ao mesmo tempo. Executam uma tarefa por vez, com foco total naquilo. 10 abas abertas no navegador? Pode esquecer. WhatsApp Web enquanto prepara uma proposta? Jamais.
  1. São extremamente organizados e tem uma agenda regrada
Suas tarefas tem dia e hora marcada na agenda ou no caderninho, os arquivos estão perfeitamente organizados no computador, que está sincronizado com o celular e tudo salvo na nuvem. Eles usam aplicativos como Evernote, Trello, Google Keep, Google Agenda para ser mais produtivos, gerir equipe, anotar ideias, organizar compromissos e viagens. Ah, e a visibilidade da agenda é de hoje pra daqui dois meses, no mínimo. Para completar, essa agenda é regrada: eles são experts em organizar o tempo, se previnem dos imprevistos, e dificilmente trocam seus horários de exercícios físicos e desenvolvimento pessoal por uma reunião (falaremos do item saúde em breve).
  1. Quando imprevistos acontecem, eles não perdem tempo focando no problema
Esse item acompanha o tópico acima. É claro que imprevistos acontecem, inclusive com freqüência quando algo não depende só de nós. Mas observei que essas pessoas não perdem tempo com o problema: logo solucionam e deletam aquilo da mente. Afinal, como Gabriela Brasil me disse: Nossa cabeça não é lugar de armazenar nada!⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Com a Gabi Brasil, no exato dia em que ela me disse essa frase
  1. Eles estão sempre estudando
Grandes empreendedores nunca cansam de aprender e se atualizar. Tudo isso também gera um baita networking e oportunidades de negócio. Outra coisa muito forte entre eles, é que a palavra concorrência é quase palavrão. Esqueça atacar o colega que faz a mesma coisa que você. Ao invés disso, eles se unem, aprendem com os erros e acertos um do outro e geram mais conteúdos de valor.
  1. Praticam a gratidão diariamente 
Muita gente achou que a onda da gratidão era apenas uma modinha passageira, mas está longe de ser. Se você for estudar sobre o assunto verá que a praticar a gratidão nada tem a ver com o uso da palavra na legenda das fotos inspiradoras do Instagram e muito tem a ver com a lei da atração. Recomendo muito a leitura do livro “A Magia”.
  1. Eles cuidam da mente e trabalham sua auto-confiança
Meditação, yoga, psicoterapia… essas pessoas cuidam da mente – inclusive, colocam isso em primeiro lugar – e não tem vergonha de falar sobre o assunto. Além disso, estão constantemente trabalhando sua auto-confiança e aprendendo a driblar seus pontos desafiadores.
  1. Cuidam da alimentação e praticam exercícios físicos
Como diz Érico Rocha: Nenhum sucesso no empreendedorismo justifica fracasso na saúde. Esse é um dos pontos mais importantes para todos os grandes empreendedores que já conheci até hoje. Todos prezam pelo sono, boa alimentação e atividade física. Sem neuras, claro, mas colocando como prioridade na agenda. Um ponto em comum é a relação com o açúcar: todos evitam consumir, consomem o menos possível ou estão diminuindo a quantidade desse alimento. Se você quer entender um pouco mais sobre os efeitos do açúcar no nosso corpo e mente, recomendo o documentário Fed Up.
  1. Ficam offline
Diferente do que parece, eles separam um tempo para ficar offline e esse tempo é sagrado. Alguns deixam o celular em modo avião nas primeiras horas do dia, outros nos fins de semana com a família, e por aí vai… Num mundo onde vivemos 110% do tempo conectados, ficar offline deveria ser uma prática comum para todos. No livro Conexão Essencial, Gabriela Brasil, empreendedora e especialista em organização e produtividade digital aborda muito esse tema – umas das informações trazidas por ela é que a internet e em especial as redes sociais nos oferecem muito mais informação do que nosso cérebro consegue processar por minuto, e viver sem filtro nesse ambiente digital pode impactar negativamente nossa vida, produtividade, e emocional.
  1. Tiram férias 
Você deve estar pensando: é claro que eles tiram férias, eles já tem sucesso! Já tem dinheiro, equipe, então podem tirar férias. E eu não estou dizendo que viajar precisa ser passar 40 dias na Europa gastando um monte de dinheiro. Viajar e tirar férias pode ser fazer um bate-volta na praia. Dar uma pausa de um dia. Ir passar um fim de semana na casa dos pais, que moram no interior. Esse item anda de mãos dadas com cuidar da mente e ficar offline. As pausas são essenciais para gerir um negócio, e você não deve abrir mão delas.⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Minhas mini-férias de 3 dias em meio ao caos que mudou minha vida
  1. Vivem ou simpatizam com o estilo de vida minimalista
Em 2018 assisti a uma palestra do Joshua Becker, especialista em minimalismo e empreendedor. Foi uma experiência transformadora e enriquecedora, pois alem de perceber que eu estava guardando muitas coisas inúteis, descobri que o minimalismo é diferente para cada pessoa e não significa vender tudo que você tem e sair com uma mochila nas costas pelo mundo. A partir desse dia, reparei que muitos empreendedores aderiram ao minimalismo, afinal, pra que ter tantas coisas?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *