Como Usar as Redes Sociais com Consciência?

Como Usar as Redes Sociais com Consciência?

As palavras de ordem são estratégia e limite.

Apesar de e justamente por trabalhar com as as redes sociais eu sei como essas mídias as vezes nos cansam, causam ansiedades, complexos, pressão e etc. Mas vamos combinar que não tem jeito, hoje se você tem um negócio ele precisa estar inserido nas redes sociais e a gente precisa encarar essas mídias como amigas, como ferramentas de trabalho poderosas.
 
Para o bom andamento do trabalho e do seu relacionamento com essas mídias, as palavras de ordem são estratégia e limite.
 
Eu não sei você, mas eu entrei nas redes sociais lá na época do Orkut. Navegar na internet era um hobbie, algo que eu fazia no meu tempo livre, usava para falar com as amigas, ver novidades, descobrir mundos nas comunidades, conhecer pessoas. Estar nas redes sociais era algo que eu fazia no meu tempo livre, era agradável. E isso se tornou um habito. Vieram os smartphones, o Facebook, Instagram, Whatsapp, e essas mídias foram se fazendo cada vez mais presentes, ainda para uso pessoal.
 
E então, eu me tornei empreendedora. As redes sociais viraram parte do meu trabalho. Vieram outras obrigações com essa transição: definir uma persona, produzir conteúdo de qualidade, ser constante, responder comentários, responder inbox, ser criativa, buscar fotos legais, escrever melhor, perder a vergonha de gravar videos, estar atenta as transformações das plataformas, etc. etc. etc.
 
Por mais que eu adorasse esse mundo, ele se tornou muito cansativo.
 
“O fato de estar sempre disponível no celular fazia com que eu não tivesse brecha no meu dia para relaxar e cuidar de mim. Estava sempre ocupada e cansada.” (…) “Era comum a sensação de estar sempre em dívida e em estado de alerta.” Gabriela Brasil, em seu livro Conexão Essencial.
 
Quem se identifica?
 
Constantemente eu me questionava sobre os “tem que” que eu via por aí e que eu mesma me colocava para fazer dar certo – e que na verdade só me faziam empacar e não produzir nada -. Testando e tendo resultados positivos, fui adaptando as regras desses “tem que”.
 
Juntando minhas reflexões, meu dia-a-dia, os aprendizados sobre gestão do tempo com a minha mãe, Cristiane Belfiore, e o conteúdo do livro “Conexão Essencial” da Gabi Brasil eu tive certeza de que sim, é possível ter resultado no seu negócio através das redes sociais sem estar 100% do tempo conectada. É possível criar um conteúdo incrível sem se descabelar. Tudo depende de como você toca sua relação com a internet, do espaço que você deixa seu celular ocupar no seu dia.
 
E aí entram as palavras de ordem que eu te falei no começo desse texto, estratégia e limite. A estratégia vai otimizar seu tempo de produção de conteúdo e seus resultados: você está postando desenfreadamente nas redes do seu negócio ou você tem um conteúdo definido? Você decide o que vai postar na hora, ou faz um planejamento? Você estabelece um tempo de resposta (esse tempo pode ser um combinado seu com você mesma) ou você fica o dia inteiro conectada respondendo tudo na hora? Ter clareza sobre quem é seu público, o que ele quer e o que você pode oferecer para ajuda-lo e resolver seus problemas vai te ajudar muito a criar uma estratégia e planejamento de conteúdo (vou me aprofundar nesse tema no próximo post, fique de olho! :)).
 
Saber quais são os seus limites e/ou como estabelecer limites em relação às redes sociais é a chave do sucesso (e da sua sanidade mental!). Com o passar do tempo estou observando cada vez mais o tempo que passo no celular, quantas vezes abro as redes sociais por dia, quanto tempo passo checando Instagram, Facebook, Whatsapp e as emoções que essa conexão me causam. Ansiedade? Stress? Sensação de estar sempre pra trás ou devendo algo? Será que o problema sou eu ou os outros? Esses são alguns limites que coloquei na minha rotina para desacelerar e realmente fazer um um trabalho com foco e resultados no mundo digital:
 
– Deixo as notificações do meu celular 90% do tempo desativadas, abrindo os aplicativos necessários nos momentos certos
– Estou dia após dia eliminando o hábito de checar as redes sociais nas primeiras horas da manhã
– Sábado e domingo são sagrados: não respondo mensagens de trabalho e evito checar as redes sociais. A prioridade é trocar algumas mensagens com a família e viver mais momentos presencialmente com as pessoas
– Estou definindo momentos do meu dia para respostas de mensagens, e-mails e comentários, além de ter estabelecido um prazo de 48h para respostas – afinal eu sou apenas uma
 
É um trabalho de formiga, afinal, checar o celular o tempo já faz parte da nossa rotina e mudar esse e qualquer hábito requer força de vontade e tempo.
 
Conte comigo na sua caminhada!
 
Assista à live que eu fiz sobre esse assunto:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *